Vamos perceber o que realmente importa nas métricas da sua campanha de E-mail Marketing.

 

Taxa de Abertura e de Clique

A taxa de abertura de um e-mail marketing é o número de pessoas que abriram o seu e-mail, dividido pelo número de pessoas que o receberam.

Exemplo: se enviarmos um e-mail marketing a 100 pessoas e 20 abriram então a taxa de abertura é de 20%.

Esta métrica não é 100% fiável pela seguinte razão, quase todas as plataformas de e-mail marketing consideram que uma abertura do e-mail seja quando o destinatário autoriza a exibição das imagens e por esta razão, podemos concluir que a taxa real de abertura é sempre maior do que a taxa da sua plataforma de envio mostra. Importante também é dizer que a sua plataforma não diz se a pessoa leu somente o título ou o e-mail todo.

Uma boa taxa de abertura é de 20% ou mais.

A taxa de clique, mostra a quantidade de pessoas que clicaram em algum link do conteúdo do e-mail marketing, dividido pelo número de e-mails entregues.

Exemplo: Se forem entregues 5.000 e-mails e clicarem 250 em algum link do e-mail a taxa de clique é de 5%.

Uma boa taxa de cliques é de 3% ou mais.

O melhor destas duas taxas (Taxa de Abertura e Taxa de Clique) é que devem se juntar e assim ficam a conhecer a taxa do CTR (Click-through rate)

Esta taxa é a divisão entre a taxa de clique pela taxa de abertura. Por exemplo se o seu e-mail marketing teve 1000 aberturas e 200 cliques, a taxa do CTR que será  20%.

 

Taxa de Conversão (Leads gerados)

Esta é uma métrica muito importante, saber quantas pessoas abriram de facto o e-mail marketing, e finalizaram o seu objetivo, exemplo, preencheram o formulário da landing page.

Esta é uma análise que vale muito a pena, quando falamos em captação de leads, porque nada vale a pena se o objetivo da campanha não for atingido. Para calcular esta taxa, terá que dividir o número de pessoas que completaram ação (exemplo em cima) pelo número de e-mails entregues.

Exemplo: Se 40 pessoas completaram o objetivo da sua ação e foram entregues 4.000 e-mails, a sua taxa de conversão é de 1%.

Uma boa taxa de conversão é de 1,3% ou mais.

 

Bounce Rate (taxa de rejeição)

Esta taxa nunca é positiva, porque mostra a percentagem de e-mail que foram enviados, mas que não foram entregues. Para saber a taxa é dividir o número de e-mails entregues pelo número de e-mails enviados.

Esta taxa ocorre muitas vezes quando é enviado com alguma frequência vários e-mails marketing, ou quando são bases dados compradas e têm demasiados (info@... geral@...)

Por isso muitas das vezes nos relatórios aparecem sobretudo estes dois nomes, soft bounce e hard bounce que também deverão ser analisados com algum cuidado.

 

ROI - Retorno Sobre o Investimento

Como em qualquer outra campanha é importante medir o seu ROI (Retorno sobre o Investimento), para ver até que ponto a empresa está a crescer e se no futuro continuam com a mesma estratégia. Para chegar ao ROI, basta dividir a receita que a empresa obteve pelo valor do investimento da campanha.

Exemplo: Se consegui um aumento nas vendas de 1.000,00 €, e investiu 100,00€ na campanha, quer dizer que obteve um ROI de 900%.

 

Conclusão:

Estas são as principais métricas do e-mail marketing que terá que saber para analisar cuidadosamente e saber até que ponto a campanha está a correr bem.

Mas para saber de outras métricas ou para ter mais informação sobre o e-mail marketing contacte-nos e irá ficar surpreendido pelos resultados que este tipo de campanhas poderá trazer para a sua empresa.