Suporte

19% das empresas portuguesas receberam encomendas por eCommerce

Data de publicação: 2015-12-08

Perto de 19% das empresas portuguesas questionadas para um inquérito do Instituto Nacional de Estatística (INE) receberam encomendas através de comércio electrónico, em 2014. O número de solicitações aumentou 5% face ao ano anterior segundo os resultados do Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Empresas (IUTICE).

Os suportes de transacção mais usados foram os sites ou sistemas de intercâmbio electrónico de dados (EDI). O estudo abrangeu 3.294 organizações com 10 ou mais pessoas ao serviço e revela que 26% realizaram eCommerce.

Esta percentagem cresceu apenas 2% face a 2010 e de 4% face ao ano anterior, diz o INE. Para a maioria das empresas portuguesas, o comércio electrónico efectua-se principalmente com empresas nacionais: 97% das empresas recebem encomendas de clientes nacionais e 90% efectuam encomendas também a fornecedores localizados em Portugal.

Em Setembro de 2015, a ACEPI apresentou estimativas da IDC, segundo as quais apenas 10% das empresas portuguesas têm loja online. A percentagem foi vista como um dos aspectos mais frustrantes da evolução do eBusiness em Portugal, durante o Portugal Internet Week.

Formação em TIC focada noutros departamentos

O inquérito revela ainda que um quinto das empresas portuguesas emprega trabalhadores especializados em TIC ou promovem formação TIC para outro pessoal ao serviço. As acções de formação em TIC promovidas pelas empresas destinam-se principalmente ao pessoal ao serviço afecto a outras categorias que não as de TIC.

Perto de 20% disponibilizou formação sobre TIC a pessoal de outros departamentos, enquanto 10% proporcionaram para a equipa de TIC.

Fonte:Computerworld

 

 



Voltar
Peça já um orçamento