Suporte

As regras do Google mudam. Está preparado?

Data de publicação: 2015-12-14

Quando trabalhamos com clientes novos, duas das primeiras coisas que vemos são SEO (Search Engine Optimization) e usabilidade. Porquê? Porque são duas das técnicas que com menos investimento trazem melhores resultados a um site. O SEO gera tráfego gratuito (e quando bem executado, tráfego de qualidade) e a usabilidade ajuda a melhorar experiência no sítio e a fazer com que os seus clientes alcancem os seus objectivos (por exemplo, mais vendas). Tráfego orgânico são as visitas ao site geradas pelos resultados na pesquisa natural do Google. Quando procura por exemplo Lisboa, vai encontrar o site oficial da cidade (Visitlisboa.com). Como é que o Google decide que é este sítio e não outro que deve aparecer primeiro? Pela relevância que acha que tem para aquela pesquisa em específico. Este "índice" de importância é calculado por um conjunto de milhares de regras (algoritmo) que analisam o site, desde como está feita a programação até quantos e que tipo de sítios têm links para o seu site.

"Search engine optimization" (ou SEO como é normalmente conhecido) é o conjunto de técnicas para melhorar os rankings em certas pesquisas nos motores de busca (sendo o Google claramente o mais relevante).

A principal alteração que o Google vai ter nestes dias ao seu algoritmo é a importância que dá ao mobile. Mais especificamente se o seu sítio é "mobile friendly", ou seja, que de acordo com o dispositivo e tamanho do ecrã, o site adapta-se de uma forma coerente e amigável. O mobile tem cada vez mais relevância já que é o acesso que a maioria das pessoas tem sempre disponível e o Google quer assegurar-se que é bem feito nos sites que recomenda.

Como fazer para se assegurar de que o seu site é "mobile friendly"? Uma das formas mais fáceis é utilizar o site que o Google disponibilizou para o efeito (procurar "Google mobile friendly test tool"). E se não for? Nesse caso tem de desenvolver uma versão mobile ou fazer o seu sítio responsivo. Várias das empresas com quem trabalhamos têm estado a fazer esta alteração de uma forma acelerada para não sofrerem o impacto. Pode ser bom um momento para o considerar também. A consequência de não respeitar estas regras é baixar muito o seu posicionamento nos resultados do Google e com isso perder o tráfego orgânico tão desejado (e barato).

Se bem que não se sabe o alcance total destas medidas e espera-se que alcancem muito mais do que só a versão mobile. A última grande alteração desta escala aconteceu em 2008 e muitos sítios foram altamente penalizados e demoraram muito tempo a recuperar as posições que tinham anteriormente. Pode ser também um bom momento para verificar se a sua equipa digital ou a sua agencia de marketing tem a situação controlada. Em especial muita atenção aos truques que são com frequência utilizados para enganar o motores de pesquisa ("blackhat techniques") que podem ter maus resultados nos próximos meses.

Fonte:Jornal Negócios

 

 



Voltar
Peça já um orçamento